0800 022 3460 • (21) 3405-3460 • 98130-2049 • 3405-3465

Fale Conosco

Assistência Técnica

  • Vistoria técnica de poços
  • Manutenção preventiva
  • Manutenção corretiva
  • Limpeza periódica de poço
  • Perfilagem óptica
  • Resgate de bombas e tubulações
  • Recuperação de poços
  • Teste de vazão

Vistoria técnica de poços

É aquele que capta água das reservas mais profundas e se apresenta como jorrante, não necessitando de equipamento de bombeamento para a retirada da água.
Também capta água das reservas mais profundas, mas necessita da instalação de um sistema de bombeamento para retirada da água.
O poço semi-artesiano exige pouca manutenção. Uma vez que tenha sido bem construído e corretamente equipado, precisa apenas ser bem operado. Uma manutenção preventiva (revisão de bomba, cabos e quadro) a cada um ou dois anos é suficiente.

Manutenção preventiva

Os poços tubulares requerem periodicamente serviços de manutenção, o que possibilita um pleno funcionamento do mesmo, reduzindo as chances de problemas que comprometam com a produtividade e os altos custos com manutenções emergenciais.

O prazo para realização da manutenção preventiva varia de acordo com as características geológicas e construtivas de cada poço. Aconselha-se, a fim de preservar as características e otimizar as operações do poço, a realização de manutenções em intervalos máximos de 12 meses, sempre observando as características particulares de cada poço em função da qualidade de sua água.

Manutenção corretiva

O prazo para realização da manutenção preventiva varia de acordo com as características geológicas e construtivas de cada poço. Aconselha-se, a fim de preservar as características e otimizar as operações do poço, a realização de manutenções em intervalos máximos de 12 meses, sempre observando as características particulares de cada poço em função da qualidade de sua água.

Limpeza periódica de poço

A limpeza de um poço artesiano tem como objetivo a preservação e prolongação de sua vida útil. Para uma limpeza eficiente, na maioria dos poços é necessário o uso de uma combinação de tratamento químico com ações mecânicas e outros métodos adequados a cada caso. A escolha da melhor combinação é orientada por alguns fatores como a composição química da água, o tipo e estado de conservação do poço e sua importância estratégica para o abastecimento local.

Perfilagem óptica

A perfilagem óptica consiste em um diagnóstico preciso por imagens geradas por meio de uma micro-câmera à prova d’água, com visão lateral e de fundo, com giro de 360º da situação do poço, a qual pode identificar problemas de parte construtiva ou geológica. Ou seja, a filmagem de um poço ou perfilagem ótica consiste na coleta de uma imagem endoscópica, a qual registra o perfil interno de um poço, gerando um diagnóstico preciso e facilitando uma descrição minuciosa na detecção de problemas construtivos ou de contaminação do aquífero e indicando os respectivos procedimentos adotados com o objetivo de corrigi-los.

Resgate de bombas e tubulações

O resgate de bombas e tubulações é feito em casos de rompimento de tubulação de abastecimento de água ou desprendimento do grupo submersível, o que geram problemas ou para de funcionamento do poço. O sucesso desta operação garante a continuidade da vida útil, evitando sua perda total.

Recuperação de poços

A recuperação de poços artesianos abrange aqueles que estão comprometidos por má construção ou por tempo de uso, com desprendimento de material sólido, rompimento de revestimento, infiltração, ou fraturas superficiais, o que pode gerar contaminação da água ou baixa vazão.

Teste de vazão

De acordo com a norma NBR 12244 da ABNT, é necessário que seja realizado um teste de vazão antes da exploração de um poço artesiano, já que existe uma vazão máxima permitida. Esta verificação avalia os níveis hidrodinâmicos do poço (estático ou dinâmico), além da vazão ideal, o que possibilita o correto dimensionamento de bombas e equipamentos.