0800 022 3460 • (21) 3405-3460 • 98130-2049 • 3405-3465

Fale Conosco

Dúvidas e
curiosidades

A ÁGUA RETIRADA DOS POÇOS É CONSUMÍVEL?

A água retirada dos poços é possível ser consumida, apenas é recomendado que seja feita uma análise de potabilidade antes do consumo. Isto porque a água do poço deve atender às exigências legais de potabilidade para consumo nos aspectos químico, físico e bacteriológico. De uma forma geral, grande parte dos poços apresenta água nestas condições. Estações compactas de tratamento, que apresentam boa relação custo-beneficio, podem adequar o perfil qualitativo da agua para padrões exigidos.

POÇO RASO

Também conhecido com poço caipira, cacimba ou poço amazonas, é aquele que é perfurado manualmente e objetiva captar água do lençol freático.

POÇO ARTESIANO

É aquele que capta água das reservas mais profundas e se apresenta como jorrante, não necessitando de equipamento de bombeamento para a retirada da água.

POÇO SEMI-ARTESIANO

Também capta água das reservas mais profundas, mas necessita da instalação de um sistema de bombeamento para retirada da água.
O poço semi-artesiano exige pouca manutenção. Uma vez que tenha sido bem construído e corretamente equipado, precisa apenas ser bem operado. Uma manutenção preventiva (revisão de bomba, cabos e quadro) a cada um ou dois anos é suficiente na maioria das vezes para o funcionamento perfeito do poço semi-artesiano.

VANTAGENS DA CONSTRUÇÃO DE UM POÇO ARTESIANO:

  • Economia com abastecimento da rede pública de água e esgoto;
  • A existência de um poço artesiano valoriza o terreno;
  • Fim de problemas com estiagem e racionamento de água;
  • Água de qualidade, sem necessidade de tratamento químico.

UM VIZINHO TENTOU FAZER UM POÇO MAS NÃO ENCONTROU ÁGUA. ISSO SIGNIFICA QUE A MINHA REGIÃO NÃO TEM ÁGUA SUBTERRÂNEA?

Não, nem sempre. Dependendo do tipo de rocha que existe no fundo do solo, é possível ocorrer o caso de não encontrar água em determinado ponto, mas se deslocarmos em alguns metros de distância deste ponto pode ocorrer que se encontre água em quantidade. A situação toda se relaciona com a presença de fraturas na rocha, ou ainda, com a profundidade da perfuração.

UM VIZINHO TENTOU FAZER UM POÇO MAS NÃO ENCONTROU ÁGUA. ISSO SIGNIFICA QUE A MINHA REGIÃO NÃO TEM ÁGUA SUBTERRÂNEA?

Sim, através do mapeamento hidrogeológico. É através deste mapeamento que se obtém a eficiência na locação do poço, pois, com a soma dos dados de investigação das características de relevo, tipo de rocha, tipo de sedimentos e forma das drenagens da região é que se tem uma grande certeza do melhor ponto para a locação do poço.

COMO É FEITA E QUAL O PERÍODO IDEAL PARA A MANUTENÇÃO DO POÇO?

De maneira geral recomenda-se a manutenção de limpeza num período de a cada 03 a 05 anos. No entanto tal periodicidade pode variar conforme o tipo de rocha em que foi construído o poço. Por exemplo: em rochas graníticas em que as entradas de água se deram em fraturas abertas, a tendência de acúmulo de argilas é bem menor, e, neste caso o período de manutenção a mais longo, como a cada 05 anos. Em locais onde a rocha é do tipo sedimentar, onde a possibilidade de geração de argilas é maior, é interessante que se realize a manutenção em períodos menores, como a cada 03 anos. A manutenção está vinculada com a limpeza das paredes e tubulações do poço e da revisão mecânica e elétrica da bomba. A limpeza é feita através da aplicação de produtos químicos que visam eliminar a presença de toda e qualquer acumulação de incrustações na tubulação e parede do poço.